A quarta temporada de Dexter, e seu final explosivo

18/12/2009 § 15 Comentários

*TEM SPOILER TÁ!

Finalmente terminei a quarta temporada de Dexter. Fui mais rápido do que pensei, confesso. Depois de passar por tantos acontecimentos, ainda tive que me deparar com aquele final. AQUELE FINAL. Não me lembro da última vez que senti esse turbilhão de sentimentos como senti assistindo aqueles minutos decisivos.

O tiro inicial para uma temporada fantástica como esta foi dado no quinto episódio. Ao descobrir que o Trinity era um pai de família, percebi que poderia esperar muito mais da série pela frente. E fui devidamente correspondido. Depois disso, a série manteve uma qualidade incrível. E apesar de alguns tropeços (Harry, Maria com Batista, a vida suburbuna do Dexter, etc), fiquei feliz com essa rendenção depois da temporada anterior.

Debra Morgan foi uma das maiores responsáveis pelo brilho da temporada. Com a volta, e consequentemente, a morte de Lundy, ela cresceu mais ainda. E fico impressionado como Jennifer Carpenter nunca foi indicada ao Emmy. Pelo menos dessa vez temos John Lithgow praticamente garantindo sua vitória. Assim esperamos.

E depois de um assustador “Hi Dad”, um impactante “Hello, Dexter Morgan”, temos o final de temporada que juntou tudo isso, e acrescentou coisas que nem imaginávamos. Ao contrário de praticamente todos os fãs, eu não odiei a Rita. E acho que o que mais me deixou alucinado não foi vê-la morta, e sim o pequeno Harrison ali, chorando na poça de sangue, repetindo a história do Dexter. Estou até agora perplexo, e de um certo modo, revoltado. Não sei pra onde gritar.

Enfim, foi uma temporada e tanto. Muitos episódios inesquecíveis, e ótimos momentos. E agora, temos uma largada para um futuro que ninguém sabe o que esperar.

Anúncios

Top Top: As melhores músicas de Glee

15/12/2009 § 10 Comentários

Estou sumido por uns tempos, eu sei. Tenho novos planos para continuar escrevendo, mas nada está decidido ainda. Então resolvi espantar um pouco as moscas, e postar aqui. Nada melhor do que uma lista pra dar um up (ah vai, todo mundo gosta) nesse blog. Depois de ouvir muitas, mas muitas vezes as músicas de Glee, resolvi escolher as melhores. Foi díficil, mas nunca fazer uma lista foi tão prazeroso. Já aviso que não levei em conta as apresentações, e só coloquei as ilustrações para lembrar-vos das músicas. E não queria muito comentar cada uma, entããao…Enjoy!

10 – Keep Holding On

Chupa Avril!

09 – Somebody to Love

Transformaram a música do Queen em uma melodia linda e envolvente. Só não ficou em uma melhor posição porque…as outras são melhores ¬¬

08 – My Life Would Suck Without You

Fizeram a versão ficar melhor do que a original da Kelly Clarkson.

07 – Imagine

A original já é perfeita, esta então ficou lindíssima. E ainda conseguiram fazer muita gente chorar.

6 – Proud Mary

Maldita Sue que fez com que eles não cantassem essa música nas Seletivas. Uma delícia de se ouvir.

05 – Don’t Rain On My Parade

Rachel é a melhor cantora do grupo.

4 – Taking Chances

Rachel é a melhor cantora do grupo [2].

03 – Alone

Devem estar estranhando esse terceiro lugar. Mas é, eu amei, e Kristin Chenoweth tem uma puta voz.

02 – True Colors

Como não amar a Tina depois de cantar essa música?

01 – Don’t Stop Believing

Não deu pra fugir do clichê. È o marco da série, e sem ela, eu poderia nem estar fazendo esse post.

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para dezembro, 2009 em séries.com.