Lost (5×05) – This Place is Death

13/02/2009 § 4 Comentários

Lost agora segue um outro rumo de vida. Não tem mais “fugir dos Outros ou de algum bicho estranho”, não tem mais “achar escotilhas”, e principalmente, não tem mais “descobrir a ilha”. A ilha já foi explorada em quatro temporadas (principalmente na primeira), e agora já sabemos que nem sempre a ilha pode ser amiga, ou mamãe que cura filho doente. Obviamente, ainda temos aqueles mistérios apresentados durante toda a série. Mas agora não precisa (e nem deve) ter novos mistérios sobre esse lugar…que é a morte.

(uma hora depois…)

Uma das coisas que eu menos gosto de fazer, é review de Lost. Eu sinto que não consigo expressar tudo que eu gostei ou não gostei em um episódio. Mas aqui a situação pode ser melhor, já que praticamente todo o episódio foi bom. È muita coisa, então, vamos aos poucos.

Na Ilha

Tivemos a expedição da Danielle, e a “expedição” Orquídea. Na primeira, é onde o monstro aparece, e causa uma possível “infecção” em todos os tripulantes, menos na Rosseau. È por isso que ela então mata todos. Na segunda, Jin finalmente encontra o pessoal, e eles partem para a estação Orquídea. No meio do caminho, Charlotte tem um ataque, e Daniel fica com ela, enquanto o resto continua a viagem. A ruiva acaba revelando um segredo : que ela já esteve na ilha. E quando pensavamos que havia acabado, vem mais um (e mais louco ainda) : Um homem havia dito para ela não voltar para ilha, ou morreria, e de acordo com ela, este homem era Daniel (!!!).

Enquanto isso com o pessoal em direção a Orquídea. Pois bem, antes deles partirem, Charlotte disse para encontrarem um poço. Ok. Eles vão, encontram a Orquídea acabada, e acontece mais um clarão. De repente, aparece um poço, com uma corda para descer. Locke então desce, mas no meio do caminho, acontece mais um clarão, e então ele fica preso lá em baixo. Tem mais alguém ali, e este alguém, é Christian Shepard, o pai de Jack. Ele diz para Locke, que era pra ele ter movido a ilha, e não Ben. È assim, que Locke parte para o sacrifício, e dá “um empurrãozinho”.

Fora da Ilha

Quando Sun aparece, acontece uma confusão, e Kate vai embora levando Aaron, enquanto Sayid vai embora dizendo que, se Jack ou Ben forem atrás dele, ele matará os dois. Mas então Ben diz que Jin está vivo, e acaba levando Sun até a mulher que pode provar isso. Chegando lá, Desmond aparece (procurando pela mãe do Faraday), e todos entram na igreja (?). Fica então provado que Eloaine Hawking é mãe de Daniel.

pdvd_022

Alguns pontos :

– Saywer : “Traduza isso !” ; Miles : “Mas eu não sou coreano. Sou de Califórnia.”

– Sawyer para Locke : “Você espera que um metrô vá passar aí ?!”

– Viu, Sawyer ainda continua brilhando.

– Aquela caixinha de música que o Jin encontrou, apareceu na primeira temporada.

– Agora o Lostzilla é um Sistema de segurança que protege o templo. Uuu…

– Como assim nínguem ficou triste com a morte da Charlotte !?!? Eu não era fã número um dela, mas essa morte foi cercada de mistérios, e emoção.

– Cada coisa que essa mulher falava. ” Eu não posso comer chocolate antes do jantar”.

– Aquele Miles precisa de uma história, eu não gosto nem um pouco dele.

– Continuo querendo Juliet e Sawyer como um casal. Ela precisa de uma história, e ele de um amor. Òtima combinação.

– Agora vai aumentar consideravelmente, as especulações de que Charlotte seria Annie, aquela amiga do Ben.

– Daniel e suas “possíveis” aparições em outros tempos. Acho que ele viajará para o passado, dizendo para ela não voltar, ou morreria. Por isso ela se lembra dele.

– Essa “teoria” acima, se deve ao fato de que, Jin entregou a aliança para o Locke. Já no futuro, Ben disse que Locke havia dado a ele. Ou seja, as coisas no passado, alteram o futuro. Ou não.

– Que tanto de clarão que teve hein. Acho eu, que quanto mais os Oceanic Six demorarem para voltar, mais rápido vai aumentando os clarões, e a chance de morte. Mas perceberam que só o Locke e o Daniel não tiveram sangramento, nem uma sequer ?!

– Nunca falei isso, mais sem aquele trilha sombria, Lost não seria a mesma coisa.

– Christian Shepard : “Dá um olá para o meu filho”.

– Esse personagem tem que ter um episódio exclusivo seu, porque “ô bicho” pra ser intrigante.

Nota do Episódio : 10,0

Esse episódio teve TANTOS acontecimentos, que deposi da metade, eu nem lembrava mais que o monstro havia aparecido. Foram mistérios resolvidos, mistérios apresentados, monstro de fumaça, Christian Shepard, viagens no tempo, e muito suspense, adrenalina e tensão. Como não gostar de um episódio assim ?! Me mostrem a fórmula, pra eu mandar quebrar de uma vez.

Pra mim, cada vez mais o nível vai aumentando, e superando temporadas anteriores. Eu acho muito díficil a série ir bem assim, e pra frente ficar pior. Concerteza eles saberão o que fazer pra continuar com essa Lost, SENSACIONAL.

* Trailer do próximo episódio *

Anúncios

Marcado:

§ 4 Respostas para Lost (5×05) – This Place is Death

  • disfordaniel disse:

    episodio sensacional, um dos melhores da temporada se não o melhor 😀

    http://disfordaniel.wordpress.com comenta se tiver tempo e tal

    parabens pelo blog 😀

  • netiteve disse:

    Esse é um episódio muito bom, com ação, com emoção, mistérios e afins.

    Só que eu não deixo de dizer que a parte da Rousseau me decepcionou um pouco. Eu queria mais que apenas ver quase tudo o que já sabíamos.

    Charlotte também. Eu queria que ela fosse mais importante para a série e até morresse de uma forma mais digna.

    E os Oceanic 6? Tudo bem ser só dois, mesmo depois daquele aviso?

    Episódios muito bons também escondem grandes defeitos. Pena.

  • Ka disse:

    Isso aí, Gabriel! Nota 10 mesmo!
    Eu adoro a evolução psicológica dos personagens. Talvez por isso, não me importo tanto com a questão respostas. Acho que muito do frissom da série é isso mesmo: questões em aberto.
    Gosto muito também da mitologia. Então sempre que dão uma pista do passado da Ilha eu fico feliz.
    Mas sabe o que eu percebo…Acredito que tenha sido Lost – não lembro como era antes da série, pois não acompanhava blogs sobre sériados antes. Acho que Lost despertou um lado chato dos fãs, que é o de assistir uma coisa para colocar defeito. Antigamente (eu sou velhinha) isso não ocorria. Acho que as pessoas tinham mais prazer de assistir, pois não se viam obrigadas a achar defeito só para parecerem inteligentes ou descoladas. Não tinham má vontade ou simplesmente se não gostavam de algo simplesmente deixavam de assistir. O que faz muito mais sentido, não? Pois percebo muito pelo em ovo…
    Mas voltando a sua análise. Adorei seus destaques. especialmente o da trilha sonora. O trabalho dos caras é sensacional mesmo. E ador as autoreferências, como a caixinha de música. Muito legal.
    No mais, continuo ansiosa pelo próximo episódio. Nesse ritmo a quinta temporada vai passar sem percebermos. Daqui a pouco estaremos na season finale!!!!!!
    Bjs

  • Marcelle disse:

    Eu amei assistir as temporadas de Lost !!

    Adoro historias instigantes como as dessa serie !!

    Acho que não tenhoo muitoo o que dizer.. você é que é o perito nesse assuntoo !!

    hoho

    Adoreii o blog..

    Beijoss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Lost (5×05) – This Place is Death no séries.com.

Meta

%d blogueiros gostam disto: