Heroes (3×15) – Trust and Blood

11/02/2009 § 5 Comentários

Heroes começa a erguer forças para lutar contra os erros que foram criados. As coisas ainda não andam tão rápido, e é preciso mais tempo para a série se redmir, consigo mesmo, e com o público. Mas parece que os novos ares, o novo volume, a nova ajuda (Bryan Fuller), estão começando a valer a pena, e ainda resta a esperança : Heroes pode vencer.

* ATENÇÃO : Spoiler !

Eu gostei bastante deste episódio, pra mim, quase ao nível do 14°. Só que como sempre, tem aquelas coisas que incomodam (sempre será assim?). Pois bem, depois da queda do voo, todo mundo saiu fora, cada um pra um canto. Mohinder, Hiro e Matt estão juntos. Claire foi capturada pelo seu pai, Noah. E Peter fugiu, se juntando a Tracy.

Paralelo a isso, temos Sylar tentando encontrar seu pai. Eu estou adorando isso, ver o Sylar fora de toda a história dos outros heróis. Ele sozinho, consegue brilhar mais, sem ter que viver as custas de Peter, Claire ou qualquer outro. Agora ele encontra um aprendiz, que tem uma personalidade forte, e um poder meio bobo (esquentar as coisas). Ele poderia, tipo, controlar o metal, aí sim daria um forte inimigo (e futuro Sylar). Mas a química existente entre os dois, é muito boa.

Voltando aos heróis. Depois de três temporadas, o melhor aconteceu : todos eles se juntaram. Eu sempre quis ver isso, todos lutando juntos. E parece que agora, finalmente, isso vai acontecer, já que no final do episódio, Peter, Mohinder, Hiro, Matt e Ando, mostraram que estão prontos pra enfrentar essa guerra.

Falando um pouco sobre os erros. Pois bem, eu vou continuar teimando que essa coisa de Nathan do mal não convenceu. Nada a ver. Outra coisa é a maldita decisão de matarem bons personagens. Ok, Daphne não era grande coisa, mas tem gente ali que já deu o que tinha que dá. Sim, isso foi uma MEGA indireta para o Mohinher. Na verdade, agora qualquer personagem que morrer, não vou me importar muito. Nínguem ali tem uma ligação forte comigo. Ops, esqueci do Sylar, mas por ele, eu acho que estou garantido.

Alguns pontos :

– Hiro na Índia ?!?!? Ai meu deus…

– Claire tá irritante, viu. Os dois pais dela querem acabar com seus amigos, e ela ainda não mostrou seu lado dark de heróina ?! Aff, nínguem suportaria isso.

– O novo aprendiz do Sylar, era de “Aliens in America”, série na qual eu nunca vi um episódio.

– Zeljko Ivanek (CTR C +V) está mandando muito bem. Seu personagem é bem sombrio.

– Angela tb é uma bitch, hein ?!

– Todos querem saber quem é que estava “falando” com Claire no final do episódio, certo ?!

Nota do Episódio : 9,0

Vendo esses bons episódios, eu ainda me lembro da primeira temporada. E definitivamente a série não é a mesma. Mas agora ela tem a chance de seguir um outro caminho, sem se auto-destruir. Basta querer, e saber usar as cartas que tem na mão.

Anúncios

Marcado:

§ 5 Respostas para Heroes (3×15) – Trust and Blood

  • Petter disse:

    Heroes deu uma boa melhorada essa semana. Apesar de quê eu vejo dando muita risada, algumas coisas continuam absurdas como Hiro falando inglês fluentemente sem causa ou motivo obvio, mais fazer o quê né?

    Eu ainda continuo gostando dessa droga, shit.

    Abraços

  • Ka disse:

    Gabriel,
    Invadi um post sobre Heroes pra falar sobre Lost, hehehehe.
    Pois é…essa dúvida também passou pela minha cabeça. Ou mais precisamente pela cabeça do meu marido….
    Eu acho que eles devem explicar..espero…
    Talvez o fato do pessoal do helicóptero não ter sido atingido é porque estavam a determinada altura onde estavam imunes. Ou talvez Jin foi jogado longe durante a explosão.
    Bj
    Karen

  • Gostei mais deste episódio do que do anterior. Mas, Heroes ainda precisa melhorar bastante para chegar ao que era no início. Mesmo assim, como Petter e eu já conversamos, é impossível para de assistir!
    Sylar continua ótimo como sempre. Agora, com seu “gafanhoto” próprio, as coisas podem literalmente “esquentar” nos próximos episódios. Continuo ainda muito ansioso para ver o encontro dele com John Glover.
    Outro ponto que me deixou na expectativa foi a união dos “heroes” para combater Nathan “O Volúvel” Petrelli. Ele está merecendo aprender uma boa lição!

  • petter disse:

    Cara em relação a HQ, quando eu comprei era na epóca da primeira temporada, ou seja…heroes ainda era de fato bom, rs.

    Mais deixando um pouco a série de lado é uma HQ maneira sim viu, conta algumas coisas da primeira temporada que a gente não sabia 😉

    Abraços

  • netiteve disse:

    Melhorou um pouco mas os Heroes continuam agindo como baratas tontas. Sempre fazem as coisas sem pensar dois minutos sobre o assunto.

    E esse equipe que foi competente antes e agora não captura ninguém. Por quê? E eles só sairam correndo, não usaram poderes nenhum pra deter danko e companhia.

    Só o começo da Liga dos Heroes é que talvez seja indício de coisa boa para o futuro. Talvez.

    E Sylar, nem preciso dizer que ele foi perfeito nesse epsiódio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Heroes (3×15) – Trust and Blood no séries.com.

Meta

%d blogueiros gostam disto: